Ceará vai formar 10 mil agentes jovens ambientais

13 de janeiro de 2021 - 16:31

Anunciado pelo Governo do Estado do Ceará, o Programa Estadual Agente Jovem Ambiental (AJA) visa fomentar a participação da juventude em ações sustentáveis e amplia a inclusão social e ambiental. O AJA vai contemplar a participação de dez mil jovens, entre 15 e 29 anos de idade, de famílias que estão no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e também matriculados em escola pública ou ter concluído o Ensino Médio em uma. A escolha será por seleção pública e, aos selecionados, a Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) concederá auxílio financeiro mensal correspondente a R$ 200 reais.

Para o governador Camilo Santana, o Programa deve impactar positivamente a vida desses milhares de jovens e, consequentemente, a realidade ambiental de sua comunidade. “É uma política pública voltada à inclusão social e ambiental, por meio da qual vamos atender aos jovens mais vulneráveis do Estado”, disse, durante a live de lançamento, no último dia 11 de janeiro. “Vão contribuir para melhorias ambientais do nosso Estado e não tenho dúvida que vai ser um aprendizado enorme para eles”, destacou Camilo.

Ao final do ciclo de dois anos, outros 10 mil jovens serão selecionados para o AJA. Além da remuneração mensal e do curso de formação, os participantes terão direito a fardamento, seguro acidente e certificado. “O objetivo é capacitá-los para a promoção da educação ambiental, conscientizando a população dos seus municípios sobre a importância das políticas de desenvolvimento sustentável”, explica o titular da SEMA, Artur Bruno.

Na modalidade Ensino à Distância, a formação dos jovens será realizada pela Coordenadoria de Educação Ambiental e Articulação Social (Coeas/SEMA). “A capacitação deve respeitar o interesse dos jovens e as particularidades de cada região”, ressalta Ulisses Rolim, Coordenador da Coeas/SEMA. “Queremos engajar e formar uma geração comprometida com uma nova postura que propicie o desenvolvimento da autoestima e do sentimento de pertencimento familiar e comunitário, com vistas à questão socioambiental”, afirma.

Na pauta da formação, serão abordados temas como Cidadania, Sustentabilidade, Educação Ambiental, Recuperação de Áreas Degradadas, Coleta Seletiva, Arborização, Proteção da Fauna Silvestre e Doméstica, dentre outros. Na conclusão da capacitação, o AJA construirá, junto com seu supervisor local, um Plano de Ação Comunitário, que deverá ser executado em sua comunidade, seguindo o princípio do ” pensar globalmente e agir localmente”.

SAIBA MAIS SOBRE O PROGRAMA AJA

Objetivo principal

– Estimular a participação de jovens do Estado do Ceará em projetos sustentáveis por meio da inclusão social e ambiental, viabilizando o desenvolvimento de suas competências e habilidades, ampliando as oportunidades de geração de renda e o protagonismo juvenil, focando na melhoria da qualidade de vida e na preservação do meio ambiente.

Objetivos específicos

– Capacitar os jovens para a promoção da educação ambiental, conscientizando a população dos seus municípios sobre a importância das políticas de desenvolvimento sustentável;

– Incentivar a participação cidadã dos jovens em suas comunidades, buscando conscientizar a população local da importância da união em torno de ações que resguardem a sustentabilidade;

– Propiciar o desenvolvimento da autoestima e de sentimento de pertencimento familiar e comunitário com vistas a uma perspectiva positiva de vida pelos jovens do Programa;

– Qualificar social e profissionalmente jovens por meio de ações socioambientais.

Público alvo

– Dez mil jovens, entre 15 e 29 anos de idade, de famílias que estão no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e também matriculados em escola pública ou ter concluído o Ensino Médio em uma. A escolha será por seleção pública (Edital).

Requisitos para se habilitar ao AJA

Ter idade entre 15 (quinze) e 29 (vinte e nove) anos;

– Estar matriculado ou tenha concluído o ensino médio em escola pública;

– Não esteja matriculado em curso de tempo integral;

– Integre família cadastrada no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico);

– Não possuir vínculo empregatício ou bolsa de estudo remunerada;

– Residir no município cearense para o qual se inscreveu;

– Não participar de outro programa social do Governo do Estado do Ceará;

– Não estar matriculado, cursando ou concluído o ensino superior.

Benefícios

– Auxílio financeiro no valor de R$ 200,00/mês;

– Curso de Formação;

– Seguro acidente;

– Fardamento;

– Certificados.

Período de duração

– 12 meses, podendo ser prorrogado por mais 12 meses. Com carga horária de 4 h/dia (20 h/semanais).

Legislação

Clique aqui e acesse a LEI ESTADUAL Nº17.383, 11 de janeiro de 2021, que institui o Programa Estadual Agente Jovem Ambiental (AJA) como Política Pública.

IMPORTANTE!

As demais informações, como a relação de vagas por município, documentação necessária para as inscrições e cronograma com os prazos, serão divulgadas em Edital, previsto para publicação no final deste mês de Janeiro.

Acesse: Lei do AJA