Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Comissão Avaliadora do Programa Selo Escola Sustentável aprova regulamento
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Comissão Avaliadora do Programa Selo Escola Sustentável aprova regulamento PDF Imprimir E-mail
Qua, 13 de Setembro de 2017 16:26

A Comissão Avaliadora do Programa Selo Escola Sustentável esteve reunida na tarde de hoje (13) com o secretário do Meio Ambiente, Artur Bruno, no auditório da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA), para avaliar o regulamento do Programa. A comissão é formada por quatro integrantes da SEMA, quatro da Secretaria de Educação do Estado, dois representantes da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, dois representantes da Comissão de Educação da AL, dois representantes do Conselho Estadual de Meio Ambiente e dois do Conselho Estadual de Educação.

Após a leitura e devidas alterações, o regimento foi aprovado por unanimidade. Ele contém a metodologia e critérios utilizados para avaliação. Durante o ano letivo, as escolas deverão registrar e documentar todas as atividades ligadas à área socioambiental e enviar a documentação comprobatória ao sistema SELO ESCOLA SUSTENTÁVEL. Os secretários de Meio Ambiente, Artur Bruno e de Educação, Idilvan Alencar, aguardam o governador Camilo Santana para realizar o lançamento oficial do programa, o que deve ocorrer em breve.

O SELO ESCOLA SUSTENTÁVEL é uma política pública, instituída pela Lei Nº 16.290, de 21 de julho de 2017, que tem o objetivo de fomentar a consciência em relação ao uso racional dos recursos públicos e dos recursos naturais, engajando todos que fazem a escola às ações desenvolvidas durante o ano letivo escolar, que reduzam seus impactos ao meio ambiente e que demonstrem responsabilidade com o bem-estar das pessoas e com a melhoria da qualidade de vida na comunidade escolar.

O Selo busca diagnosticar ações e projetos pedagógicos bem sucedidos em Educação Ambiental, bem como estimular ações e projetos que ampliam o pensamento crítico e a interação da comunidade escolar com as questões socioambientais. Assim, a certificação e premiação são destinadas às escolas públicas estaduais que atingirem a pontuação necessária (700/1000), tendo como critério de classificação projetos e ações em educação ambiental baseadas em quatro eixos: Currículo, Gestão Ambiental Escolar, Espaço Físico e Educomunicação Socioambiental.


alt



 

Calendário

Novembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2